16 de dezembro de 2018
                 
     
                         
Lázaro Freire, Acid0 e Lobão na MTV: Daime é droga ou religião?
Psicanálise Transdisciplinar em SP com Lázaro Freire
Seja um colaborador ativo da Voadores!
Cursos e palestras da Voadores em sua cidade
Mensagem de Wagner Borges
Mais novidades

 
  

Ajuda

Projeção Astral - Cristianismo e Espiritismo
Lido 5788 vez(es)

Mesmo na Bíblia, principal livro religioso do Ocidente, Paulo de
Tarso já relatava saídas do corpo de um cristão (pelo contexto, ele
mesmo), que é "levado" em espírito (ou seja, sem o corpo) a planos
espirituais. A ênfase no termo "fora do corpo" não é acidental:

"Se é necessário que me vanglorie, ainda que não convém, passarei às
visões e revelações do Senhor. Conheço um homem em Cristo que, há
catorze anos, foi arrebatado até o terceiro céu (se no corpo ou fora
do corpo, não sei, Deus o sabe) e sei que o tal homem (se no corpo ou
fora do corpo não sei, Deus o sabe) foi arrebatado ao paraíso e ouviu
palavras inefáveis, que não é lícito ao homem referir" (Coríntios II,
c 12, v 1-4)

Em outras passagens, Paulo demonstra saber, também, da existência de
um "corpo espiritual" (expressão bíblica, portanto); cita
metaforicamente que há um "fio de prata" que se rompe quando a morte
física ocorre (dando origem a outra expressão que se pensa ser
ocultista, mas é de fato cristã); difere corpo, alma e espírito (três
diferentes veículos de manifestação); classifica alimentos de acordo
com sua densidade vibracional (peixes, aves e mamíferos, nesta
ordem) - revelando ser familiar com princípios projetivos e
bioenergéticos que alguns julgariam ser recentes e contrários ao
dogma cristão, mas que, de fato, são bíblicos:

"... que vosso espírito, alma e corpo sejam preservados íntegros e
irrepreensíveis ..." (Tessalonicences I, c 5, v 23)

"Semeia-se corpo natural, ressucita corpo espiritual. Se há corpo
natural, há também corpo espiritual" (Coríntios I, c 15, v 44)

"A palavra de Deus ... penetra até o ponto de dividir alma e
espírito ..." (Hebreus, c 4, v 12)

Além de Paulo, há outros autores na Bíblia que revelam práticas
projetivas e/ou mediúnicas, que são, portanto, também cristãs:

"Achei-me em espírito, no dia do Senhor, e ouvi, por detrás de mim,
grande voz ..." (Apocalipse, c 1, v 10)

"Então, o Espírito me levantou e me levou; eu fui amargurado na
excitação de meu espírito" (Ezequiel, c 3, v 14)

"Então, entrou em mim o espírito, quando falava comigo, e me pôs
depé, e ouvio que ele me falava" (Ezequiel, c 2, v 2)

No espiritismo de Allan Kardec, bastante popular no Brasil, o tema
também é tratado sem misticismos ou ressalvas, em sua própria
Codificação. Segundo Kardec, a alma emancipa-se durante o sono e
encontra-se com o mundo espiritual. Há todo um capítulo do Livro dos
Espíritos inteiranente dedicado ao tema, entitulado "EMANCIPAÇÃO DA
ALMA", começando na pergunta 400.

Este dado refuta o mito, comum em alguns centros devido a
desconhecimentos pessoais de dirigentes, de que haveria perigo na
projeção, ou necessidade de controle do projetor. O termo usado por
Kardec no capítulo esclarece também o nome espírita oficial para a
saída do corpo. Curiosamente, espíritas preferem usar o
termo "desdobramento", de origem ocultista. Pelo paradigma
espiriualista, a consciência não se desdobra entre corpo e espírito,
mas sim "abandona" o primeiro.



Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Mensagem:

 
Atenção: Sua mensagem será enviada à lista Voadores, onde após passar pela análise dos moderadores poderá ser entregue a todos os assinantes da lista além de permanecer disponível para consulta on-line.































Voltar Topo Enviar por e-mail Imprimir